Portuguese English German Italian Spanish

Desfile, transferência da Capital, assinatura de convênio e inaugurações marcaram o Dia do Município

  • Quarta, 13 Junho 2018 11:18
  • Publicado em Governo
  • Lido 1223 vezes
Governador Paulo Hartung assinou a transferência simbólica da capital do Espírito Santo para Domingos Martins Governador Paulo Hartung assinou a transferência simbólica da capital do Espírito Santo para Domingos Martins

Domingos Martins celebrou ontem (12), o Dia do Município com homenagens ao herói capixaba Domingos José Martins, que dá nome à cidade. As comemorações contaram com momento solene, desfile, transferência simbólica da capital do Estado, assinatura de convênio e inaugurações de obras em São Miguel e Melgaço. O evento contou com a presença do governador Paulo Hartung, do prefeito Wanzete Krüger, do vice-prefeito, Romeu Stein, além de outras autoridades estaduais e municipais.

A programação começou logo cedo com a tradicional homenagem póstuma no busto de Domingos José Martins, na Praça da Biquinha. Já na Praça Dr. Arthur Gerhardt, foram realizadas as atividades solenes de hasteamento de bandeiras, assinatura de decreto que transfere simbolicamente a Capital do Estado para Domingos Martins, além de convênio firmado entre o Governo do Estado a Prefeitura para repasse de R$ 250 mil para a realização do XXV Festival de Inverno.

Homenagem postuma 2 Homenagem postuma 3
hasteamento 1 hasteamento 2
Assinaturas 2 Assinaturas 1

“Domingos Martins tem seu nome e atuação ligados à liberdade. Em um momento como este, em que o país vive um período desorganizado e os valores estão trocados, podemos celebrar a história de um martim que lutou pela liberdade e direito das pessoas poderem se expressar. Este evento é muito importante para o município, para o Espírito Santo e, principalmente, para o Brasil. Uma oportunidade para chamarmos atenção, principalmente das novas gerações, que não viveram a privação de liberdade”, destacou o governador Paulo Hartung.

O tradicional Desfile Cívico reuniu dezenas de estudantes, músicos, dançarinos, representantes de entidades sociais, além da participação especial da Banda da Polícia Militar. Com o tema “Cidadania” o cortejo festivo atravessou parte da Avenida Presidente Vargas e encantou o público presente.

Desfile 1 Desfile 2
Desfile 29 Desfile 54
Desfile 59 Desfile 67
Desfile 83 Desfile 91

Além das festividades no centro do município, o governador Paulo Hartung e o prefeito de Domingos Martins, Wanzete Krüger, inauguram obras no interior do município. Na comunidade de São Miguel foi entregue oficialmente a Quadra de Esportes da Escola Municipal Eugênio Pinto Sant’Anna. A obra foi realizada em convênio com o Governo do Estado da ordem de R$ 634.207,15. O local conta com quadra coberta, vestiários, banheiros e cantina.

Quadra Sao Miguel 4 Quadra Sao Miguel 3
Quadra Sao Miguel 2 Quadra Sao Miguel 1

Já em Melgaço foi inaugurado o novo prédio da Escola Municipal Augusto Peter Berthold Pagung. A obra – também realizada em convênio com o Governo do Estado – teve um investimento total de R$ 1.788.080,86. O espaço possui dois pavimentos, oito salas de aula, biblioteca, laboratório de informática, refeitório, banheiros, cozinha, sala de professores e área de pedagogo. Ao todo, a área construída é de 1.163,50 m2.

Escola Melgacinho 1 Escola Melgacinho 2
Escola Melgacinho 3 Escola Melgacinho 6
Escola Melgacinho 8 Escola Melgacinho 10

CLIQUE AQUI E VEJA A GALERIA COMPLETA DE FOTOS

“Escola, educação, conhecimento e acesso ao saber. É isso que vale ouro nos tempos atuais. Antigamente, o pensamento era dar um pedaço de terra como herança, mas isso não basta, pois é necessário ter conhecimento, tecnologia e o cuidado necessário. Já o acesso ao conhecimento resolve. A melhor herança que podemos dar para nossos filhos é possibilitar que eles possam estudar. No Dia de Domingos Martins, é esse o recado que deixamos para transformar a vida de muita gente. Valeu a pena a persistência e, hoje, estamos podendo inaugurar essa escola”, destacou Hartung.

Domingos José Martins

Domingos José Martins nasceu no sítio Caxangá, local que hoje é parte do município de Marataízes. Filho de Joaquim José Martins e D. Joana Luíza de Santa Clara Martins, Domingos iniciou seus estudos em Vitória, posteriormente se formando em Portugal.

A vida profissional de Domingos começa em Londres, pra onde viajou após se formar, como empregado na firma portuguesa Dourado Dias & Carvalho, chegando a condição de sócio desta firma. Ainda em Londres, Domingos entrou para a maçonaria e fez grandes amizades nos círculos liberais britânicos, adotando muitos dos valores da filosofia liberal e do iluminismo.

Ao voltar para o Brasil em 1813, Domingos fixou residência em Pernambuco, onde pretendia abrir uma filial de sua empresa e onde se apaixonou por Maria Teodora da Costa.

A Recife do início do século XIX era uma das cidades mais populosas do Brasil, sua elite intelectualmente era a mais preparada do Brasil, formada pelo Seminário de Olinda, além disso, sua população era orgulhosa, não abaixava a cabeça para os estrangeiros desde os tempos da invasão holandesa. A população mais carente odiava os portugueses pelos altos impostos, o recrutamento forçado e o alto custo dos alimentos. Naquela Recife, Domingos viu uma população que ansiava pelas ideias libertárias.

Domingos aos poucos se tornou uma liderança local, ele fundou a loja maçônica “Pernambuco do Ocidente” e, como comerciante, ajudava quem pedia, promovia muitas festas no sobrado que alugara no Recife. Em paralelo, Domingos e seus companheiros planejavam a revolução.

Em 06 de março de 1817 a revolução foi realizada. Os pernambucanos proclamaram uma república e Domingos José Martins fora nomeado um dos cinco governadores provisórios. A república pernambucana nasceu com forte sentimento nacionalista, mas durou pouco mais de dois meses. Em Junho de 1817, a república de Pernambuco fora derrotada e em 12 de Junho do mesmo ano, Domingos Martins fora fuzilado no Campo da Pólvora. As últimas palavras de Domingos Martins foram “morro pela liber…”, interrompidas por seus fuziladores, que negaram-lhe a própria liberdade de se expressar.

Por seus feitos, Domingos é lembrado como homem dono de grande capacidade de resolução, ambicioso, educado, observador e inteligente. Sua visão de Pernambuco era a de um capítulo glorioso do iluminismo e do libertarianismo na América Latina.

Hoje Domingos José Martins é o Patrono da Polícia Civil do Espírito Santo (O coral da Polícia Civil leva seu nome), do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo e é lembrado como um dos precursores da Independência do Brasil. Vitória possui uma loja maçônica que carrega seu nome e, em 1921, o município de Santa Isabel foi renomeado para “Domingos Martins” para homenageá-lo.

*Com informações da Governo do Estado

Avalie este item
(1 Voto)
  • Última modificação em Quarta, 11 Julho 2018 15:23
  • tamanho da fonte
Assessoria de Comunicação

Prefeitura Municipal de Domingos Martins
Tel.: (27) 3268-1166 / 9 9971-6498

E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Prefeitura Municipal de Domingos Martins

brasaoRua Bernardino Monteiro, 22 - Centro- CEP 29260-000
Expediente: 8h às 11h30 - 13h às 17h  
Fone (27) 3268-1239 - 3268-1124
Veja no Mapa

Links Úteis

portariastn contas-publicas
nfe issbancario

 

Previsão do Tempo

Parcialmente Nublado

24°C

Parcialmente Nublado

Umidade: 77%

Vento: 14.48 km/h