Portuguese English German Italian Spanish

Monique Ferbek

A manhã desta quinta-feira (14) foi de muitos debates e trocas de conhecimento entre os membros do Comitê Regional de Educação Ambiental. O encontro aconteceu no auditório da Escola Mariano Ferreira de Nazareth, em Campinho, onde os participantes puderam conhecer projetos de Educação Ambiental e Sustentabilidade de Domingos Martins, finalizar o Plano de Ação do Comitê e definir as ações prioritárias para 2016.

O secretário municipal de Meio Ambiente, Sérgio Trarbach, destacou a forma de construção das ações do Comitê. “O trabalho regional fortalece as atividades e a participação de todos é fundamental. As experiências aqui compartilhadas são ações bem-sucedidas e que podem ser levadas a outras regiões e resultar positivamente onde forem implementadas”, afirmou.   

A Secretaria Municipal de Educação iniciou a apresentação mostrando de que forma a Educação Ambiental é trabalhada em sala de aula. “Domingos Martins é conhecido por suas belezas naturais e uma discussão como esta é importante para minimizar os impactos ambientais. Sabemos o quanto a educação pode contribuir no processo de conscientização e como ela é primordial nesse processo, com o desenvolvimento de ações com nossas crianças que representam os cenários futuros. Aqui no município temos trabalhado há alguns anos o tema sustentabilidade na Educação do Campo, é impossível desvincular uma da outra”, disse a secretária municipal de Educação Roseli Gonoring Hehr.

Encontro Regional de Educação Ambiental 10 Encontro Regional de Educação Ambiental 2

Sérgio Trarbach e Roseli Gonoring Hehr

A gerente pedagógica de Domingos Martins, Eucinéia Müller, explicou que o processo de inserção das questões ambientais no ensino é uma preocupação antiga. “Em 1999, o documento curricular da Rede foi pensado com o tema macro: o Meio Ambiente. Desde então, o nosso documento tem foco central nas preocupações com a natureza. Recentemente reformulamos este documento e inserimos as inquietações relacionadas ao Meio Ambiente nas atividades em sala de aula com nossos alunos”, relatou Eucinéia, que aproveitou para apresentar o trabalho “Plante árvore, colha água”, realizado na EMEF Alto Paraju.

”O debate sobre a biodiversidade nos remete a uma postura crítica em relação ao papel da educação de Domingos Martins em prol da manutenção da vida e das futuras gerações. Envolve discussões acerca de temáticas essenciais como a Educação no Campo, vida desenvolvimento sustentável, inclusão, diversidade, identidade, práticas pedagógicas e muitas outras”, completou Eucinéia.

Encontro Regional de Educação Ambiental 20 Encontro Regional de Educação Ambiental 32

Eucinéia Müller e Fátima Santanna (Instituto Kautsky)

O encontro seguiu com apresentações de outras ações desenvolvidas no município: Instituto Kautsky e Kebis mostraram os programas e projetos que realizam no intuito de preservar, orientar e educar. Também fez parte da programação, uma palestra com o tema ‘Água, soluções para o campo’, com Eduardo Rodrigues Carvalho, para demonstrar as diversas formas de reutilização da água através da abordagem de práticas de baixo custo. Além de Domingos Martins, o evento contou com participantes de Brejetuba, Venda Nova, Afonso Cláudio e outros municípios. 

Monique Ferbek

Uma ação integrada entre a Prefeitura Municipal de Domingos Martins, Polícia Militar Ambiental e voluntários resultou na limpeza do Córrego do Gordo, em Campinho. Foram retirados diversos materiais do curso d’água, incluindo lixo, móveis e entulhos. Foi preciso um caminhão para recolher os mais de 20 sacos de resíduos.

IMG 6595 IMG 6600 IMG 6623

Com apoio das equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) e de Obras e Serviços Urbanos (Secobu), o trabalho de recolhimento faz parte de um calendário de limpeza em cursos d’água, prevendo mais atividades para o ano. O próximo mutirão está programado para o próximo mês em Santa Isabel.

103271 14 BDNo entanto, o secretário municipal de Meio Ambiente, Sérgio Trarbach, alerta para os riscos do acúmulo de lixo em rios e córregos e aponta a conscientização como principal ferramenta para minimizar os impactos. “Além da atração de ratos, baratas e outros animais indesejáveis ao ambiente domiciliar, há o perigo potencial na proliferação de animais vetores de diversas doenças. O lixo jogado às margens de curso d’água provoca o seu assoreamento, contaminação da água. O impacto é grande”, afirma o secretário.

Fique ligado, nosso município conta com coleta de lixo úmido (todos os dias), seco (de segunda a sexta), de entulhos e móveis (diferente de muitos municípios em que o serviço é pago, aqui é gratuito, com agendamento pelo 3268-1377). Para que insistir em jogar dentro do rio ou córrego? Vamos fazer funcionar!

Monique Ferbek

Representantes de diversas associações, entidades, secretarias municipais e produtores rurais estiveram reunidos nesta quinta (1º), em Campinho, para levantar discussões de questões ambientais relevantes e de interesse local, elencando propostas para contribuir com o Programa Estadual de Educação Ambiental.

No momento de abertura o prefeito Luiz Carlos Prezoti Rocha, o Carlinhos Borboleta, citou o potencial natural de Domingos Martins. “Nós temos uma grande preocupação com o campo e consequentemente com as questões relacionadas ao Meio Ambiente. Possuímos uma grande cobertura de área verde para que possamos cuidar e preservar a nossa natureza”, iniciou o prefeito.

Fórum Municipal de Meio Ambiente 20 Fórum Municipal de Meio Ambiente 7

O secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Darci Schaefer, abordou a importância de o produtor participar deste momento. “Há alguns anos era praticamente impossível pensar que Domingos Martins sofreria com a falta d’água, por exemplo. Era difícil de alguém acreditar que isso aconteceria e hoje essa também é uma realidade aqui. A falta de água influencia diretamente na produção e este fórum tem muita importância, pois agricultura e meio ambiente têm total relação. Que bom que os produtores podem ter voz e todos trabalharemos juntos para contribuir para um futuro melhor para nós e para as próximas gerações”, disse.

Roseli Gonoring Hehr, secretária municipal de Educação e Esporte, ressaltou o papel fundamental da Educação no papel de fomentar as atividades de preservação. “A educação tem muito a contribuir não só na estratégia para as ações, mas também na implementação das atividades. Debates como este, com a participação de várias instituições, começam a construir, propostas que vão sair daqui não só em palavras, mas principalmente em ações que podem mudar o mundo”, disse.

Já Sérgio Trarbach, secretário de Meio Ambiente salientou o esforço conjunto para que as estratégias sejam replicadas e executadas. “Além de sugerirmos as ações, que também nos tornemos multiplicadores de consciência e formemos uma grande corrente de defesa e proteção ao meio ambiente. Tudo que fizermos localmente reflete regionalmente e muitas vezes também globalmente”, frisou o secretário.

Fórum Municipal de Meio Ambiente 23 Fórum Municipal de Meio Ambiente 32

Propostas para o Programa

A pedagoga Flávia Demuner, da Secretaria Estadual de Educação (Sedu) explicou como está sendo o processo de formação do Plano Estadual de Educação Ambiental. “A construção do Programa é composta pelas seguintes etapas: mobilização dos municípios, oficinas regionais, fóruns e encontros municipais, seminários regionais. A partir daí vamos para o encontro estadual, a consulta pública e elaboração do documento”, disse.

Flávia também falou sobre a importância da integração. “Precisamos formar agentes multiplicadores e o ambiente não pode ser visto como algo parcial, específico de uma área de atuação, mas sim algo total. A responsabilidade não é somente das secretarias de Educação ou Meio Ambiente, mas sim uma política participativa, articulada e integrada entre secretarias, entidades e população. Precisamos formatar um documento real, passível de execução. Entender e valorizar o campo como base de sustentação da vida”, destacou Flávia.

Fórum Municipal de Meio Ambiente 46 Fórum Municipal de Meio Ambiente 48

Durante o fórum, a equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) apresentou dados sobre problemáticas mundiais, nacionais e locais. “Alguns desafios que temos no município estão relacionados à poluição de corpos hídricos, barragens, uso desenfreado de água para irrigação, utilização de agrotóxico, terraplanagem e abertura de estradas, venda rural de lotes irregulares”, pontuou a engenheira ambiental Luíza Mayer Bringer.         

Ao fim do encontro foram formados grupos para levantar fragilidades, potencialidades e propostas de ação em Educação Ambiental. Foram reunidas sugestões relacionadas a formação de agentes multiplicadores (professores, educadores ambientais), redes sociais e educomunicação, participação popular, empresas públicas e privadas, Consumo e Produção, Campo, recursos naturais e áreas protegidas, políticas públicas, contexto da saúde, Gestão, controle ambiental (licenciamento) e recursos hídricos e bacias hidrográficas. Em breve, as sugestões serão publicadas.

Prefeitura Municipal de Domingos Martins

brasaoRua Bernardino Monteiro, 22 - Centro - CEP 29260-000
Expediente Administrativo: 8h às 12h00 - 13h às 17h
Horário Serviços de Saúde: 7h às 11h30 - 12h30 às 16h  

Fone (27) 3268-1239 - 3268-1124
Veja no Mapa

Links Úteis

portariastn contas-publicas
nfe issbancario