Portuguese English German Italian Spanish

Estudantes aprendem sobre a Culinária Pomerana e importância do local onde vivem

  • Segunda, 06 Setembro 2021 08:44
  • Publicado em Educação
  • Lido 207 vezes

Que tal aprender sobre a Culinária Pomerana por meio de oficinas? Foi com esta indagação, que a escola se propôs a iniciar os estudos do referido tema, na disciplina de Língua Pomerana, com os estudantes do 1º ao 4º ano da EMUEF Califórnia.

Considerando que a escola está funcionando em sistema de revezamento, foi necessário realizar duas oficinas: a do Pão de Milho/Pão de banana (mijlchebrood/bananebrood), destinado aos estudantes do 3º e 4º ano do Ensino Fundamental e a oficina de Biscoitos Ladrão (spitsbuubbiskuit) para os estudantes do 1º ao 3º ano.

Obedecendo aos protocolos de enfrentamento do coronavírus, fomos recebidos na casa de Dulcineia Schulz, (mãe de um estudante e vizinha da escola) e, orientados pela senhora Elsa Kempin, os estudantes aprenderam de forma prática, o processo de produção do tradicional Pão de Milho/Pão de banana (mijlchebrood/bananebrood).

Em sala de aula, de forma interdisciplinar com a professora da BNCC Marina Paula Köelher Rangel e a professora de Língua Pomerana Erenilsa Raasch Lutzke, se fez a sistematização dos conhecimentos adquiridos em forma de diálogos, pesquisa com os familiares, atividades de registros, produções textuais e produções de vídeos. Atividades estas, promovidas pelo desenvolvimento do projeto de estudos da escola: o Uso das Tecnologias para a Superação das Dificuldades de Leitura, Escrita e Produção.

california  california2 

Da mesma forma, aos estudantes da semana de revezamento do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental, foi oportunizado conhecer outro alimento típico: o biscoito ladrão (Spitsbuubbiskuit). Por meio dos conhecimentos da senhora Mirta Schulz Braun que gentilmente ensinou o passo a passo deste biscoito que se destaca nas festividades da cultura pomerana.

Uma experiência maravilhosa e de muito aprendizado, que possibilitou aos estudantes (re)conhecerem saberes tradicionais da cultura Pomerana.

A professora de Língua Pomerana destaca que: foi muito gratificante realizar essas atividades práticas, pois, as mesmas possibilitam uma valorização cultural, envolvendo toda a comunidade escolar. Por meio delas, os estudantes aprendem e ressignificam os seus conhecimentos. Possibilitando o entrosamento em ambas as partes, sendo visível a satisfação dos estudantes.

Da mesma forma, a professora Marina Paula Köehler Rangel e a auxiliar de sala Camila Ribeiro Fagundes, acrescentam que: Tendo como proposta o trabalho interdisciplinar e colaborativo, foi de grande valia, oportunizar o conhecimento da história dos imigrantes pomeranos, enfocando a contribuição da culinária que este povo nos deixou. Reforçando o sentido de comunidade e valorizando a história de sua cultura. Ao vivenciar a produção das receitas de pão de milho e bolo ladrão, os estudantes foram colocados como pesquisadores da própria cultura e foram ativos na construção do próprio processo de aprendizagem. Fazendo com que o conhecimento prévio, junto ao conhecimento científico, construam um novo conhecimento com sentido e significado.

A pedagoga Eliana Braun Görl relata: Conhecer a própria história, valorizar suas origens e transmitir sua cultura através das gerações é muito importante para a construção de uma identidade coletiva. Nesse sentido, a escola também é espaço de vivências que possibilitam construir saberes em diferentes níveis proporcionando assim, uma aprendizagem significativa e prática.

Trabalho com Educação Infantil IV e V no EMEF Eugênio Pinto Sant'Anna

A EMEF Eugênio Pinto Sant’Anna a partir do tema de estudo do 2º trimestre “O Lugar onde Vivo”, propõe aos estudantes da Educação Infantil de IV e V ações que tem como finalidade contribuir na ressignificação do lugar onde vivem e sentem-se pertencentes. Espera-se que os estudantes construam sentimentos de respeito, valorização e amor pelo lugar em que vivem, sentindo-se assim, responsáveis em cuidar e zelar por ele.

6 5 WhatsApp Image 2021 09 03 at 15.18.25


A professora da turma Rosinéa iniciou o trabalho realizando um diagnóstico sobre o que os estudantes sabem e sobre o que querem aprender sobre o lugar em que vivem. Uma das questões que surgiu foi que queriam aprender a plantar flores. A partir desse desejo a professora realizou um plantio de flores em um canteiro na parte externa da escola.


Outra atividade prática realizada foi a confecção de plaquinhas decorativas para jardim. Tiveram também uma palestra com o professor Cléberson Schunck da EFA – Escola Família Agrícola de São Bento do Chapéu, que falou sobre a contribuição das minhocas nos diferentes tipos de solo e suas características. Além disso, a professora Vanilza Entringer Schunck da EFA trouxe diferentes tipos de terra para que as crianças fizessem tinta para colorir desenhos.

4 2 3


A professora também fez a escrita de um texto coletivo com os estudantes registrando o que aprenderam sobre o conhecimento através das atividades propostas. As crianças amaram as atividades práticas desenvolvidas. O projeto continua sendo realizado no decorrer do trimestre.

Avalie este item
(1 Voto)
  • Última modificação em Quarta, 08 Setembro 2021 08:39
  • tamanho da fonte
Assessoria de Comunicação

Prefeitura Municipal de Domingos Martins
Tel.: (27) 3268-1166 / 9 9971-6498

E-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Prefeitura Municipal de Domingos Martins

brasaoRua Bernardino Monteiro, 22 - Centro - CEP 29260-000
Expediente Administrativo: 8h às 12h00 - 13h às 17h
Horário Serviços de Saúde: 7h às 11h30 - 12h30 às 16h  

Fone (27) 3268-1239 - 3268-1124
Veja no Mapa

Links Úteis

portariastn contas-publicas
nfe issbancario